Thursday, December 29, 2011

Os melhores e os piores de 2011

Eu sei que com o final do ano toda a gente se põe a fazer listas de tudo e mais alguma coisa. 2011 foi um ano com muitas coisas boas e muitas coisas más a nível pessoal. Mas não é disso que aqui venho falar. Em Outubro este blog completou um ano e no entretanto já quis acabar com ele, já quis ficar um tempo sem escrever e já tive extremamente entusiasmada com este projecto - tudo isto várias vezes. Sinto que aprendi imensa coisa e que hoje sou uma melhor blogger do que era no início deste projecto. Escrevo melhores posts e é só pena não ter uma máquina fotográfica que me permita ter fotografias ao mesmo nível. Não me achem presunçosa, não me acho a melhor blogger da praça, acho apenas que melhorei muito. Houve também um aumento enorme no número de visitas, coisa que me deixa muito feliz. Infelizmente isso não se reflectiu num aumento do número de comentários. Ainda assim, estimo imenso todas as mulheres que se dão ao trabalho de deixar aqui um comentário - enchem-me de alegria e sem elas não teria vontade de continuar a escrever aqui. 

Aqui quero partilhar uma lista das coisas que me marcaram este ano a nível de beleza. Neste top estão maioritariamente coisas positivas, são essas que merecem ser recordadas no fim do ano. Não é um top do melhor de 2011, nem estou a dizer que não existem produtos melhores no mercado, mas foram estes que me marcaram.

Base Healthy Mix da Bourjois
Admito o meu preconceito: as bases que estão à venda em supermercados sempre me deixaram de pé atrás. Na altura também não ia muito à bola com  Bourjois: não gosto do nome, não gosto das embalagens e ao encontrá-la à venda em supermercados juntei todos os preconceitos e sempre fugi da marca. Entretanto comecei a ler as muitas boas resenhas a esta base e decidi experimentá-la. Foi o melhor que fiz! A minha única base com efeito dewy, é óptima para o Verão e deixa-me mesmo com uma pele radiante. O preço não é assim tão baixo, sensivelmente 16€ (depende muito das lojas) mas não conheço nada com a mesma qualidade a um preço inferior. Resenha dela aqui.

Hidratante de lábios Beeswax da Burt's Bees
Não é assim tão fácil comprar e não se encontra à venda no país mas foi o melhor hidratante de lábios que usei este ano. Os sites oficiais não entregam em Portugal, tive que entrar num site de "fãs" da marca e estava um pouco de pé atrás mas ainda assim fiz a compra. Tenho boas expectativas em relação a outros produtos da marca e tenho alguns aqui em casa ainda por experimentar. Recomendo a qualquer pessoa que lute contra lábios extremamente secos, as outras meninas encontraram hidratantes adequados aos molhos. Resenha aqui.

Secante de unhas Mavadry da Mavala
O melhor secante que já usei e não tenho grande vontade de experimentar outras marcas. Vale o preço elevado e só é pena ter tendência a ficar espesso no fim. A secagem é literalmente automática, em poucos segundos sei que posso trabalhar à vontade que não irei destruir o trabalho que acabei de fazer. Podia comprar dois frascos com o dinheiro que gastei em secantes baratos que não tinham qualquer efeito. Resenha dele aqui.

Vernizes O.P.I.
Cores lindas e inovadoras, excelentes fórmulas, boa duração, frascos com altas quantidades... Se vale o preço cobrado em Portugal nas lojas Perfumes & Companhia? Não, não vale. Mas foi uma descoberta feita este ano, comprovei que a fama da marca é mais que merecida e, a preços aceitáveis, seria presença forte nas minhas caixas de vernizes. Mesmo online é cada vez mais difícil encontrá-los à venda mas valem bem a pena.

Bronzer Honey Bronze (cor 03 - Medium Matte) da Body Shop
2011 foi também um ano de coisas novas. Comecei a usar regularmente uma série de produtos que antes conhecia mas que não usava - ou porque não os sabia aplicar, ou porque não lhes via grande efeito, ou porque simplesmente achava que eram mais uma patetice para deixar dinheiro ao lixo. Com os bronzers acontecia um pouco isso, não os sabia usar e não achava que tivessem grande efeito para justificarem todas as técnicas que por aí encontrava e os preços praticados. Entretanto conheci este bronzer da Body Shop e nunca mais quis outra coisa. Aprendi a aplicar o produto e vi que pode fazer um efeito óptimo quando usado subtilmente. E este da TBS é fantástico pois tem boa duração (menos boa nos meses quentes, é semelhante à de um blush), é fácil de esfumar e vem com tanta quantidade na embalagem que apesar de o usar várias vezes por semana cheira-me que ainda o terei no final de 2012. Pena ser de edição limitada. Podem ler uma resenha sobre ele aqui.

Paint Pot em Soft Ochre da MAC
Não existem palavras para explicar a minha felicidade quando descobri a existência dos primers de sombras. Ao contrário dos de rosto, estes têm de facto uma função, cumprem-na e qualquer pessoa pode atestar os seus resultados. Os Paint Pots da MAC não são vendidos como primers de sombras mas também cumprem essa função. Quando usados por baixo de sombras em pó potenciam as suas cores e aumentam imenso a duração. Não sei o que é preocupar-me com o estado das sombras ao longo do dia. Não sei o que é achar que não posso usar aquela sombra de qualidade mais baixa pois o Soft Ochre torna qualquer cor mais forte. Tenho-o há um ano, uso-o sempre que aplico sombras (várias vezes por semana), não está nem perto de chegar a metade e está longe de secar. Maravilhoso, compraria outra vez. É um produto caro? Sim. Existem primers de igual qualidade em marcas mais baratas? Sim, mas com os Paint Pots eu sei que a qualidade é garantida e são, de facto, produtos multiusos. Vale a pena o investimento? Vale, sem dúvida. Podem ler uma resenha sobre ele aqui. 

Sombra 33 d'O Boticário
Aqui voltamos ao campo dos preconceitos. Eu conheci melhor O Boticário este ano e há 365 dias atrás era para mim mais uma marca de perfumes que outra coisa. Os saldos de Janeiro trouxeram as sombras da linha Intense a 3€ e como não tinha nenhuma verde decidi experimentar. 3€ não são muito dinheiro caso isto não valha nada, pensei. Mas vale. Entretanto não comprei mais nenhuma mas a 33 é um verde lindo, com excelente pigmentação e fácil de esfumar. Isto vindo de uma mulher que tem vergonha de usar verdes. Não o acham lindo? Apaixonei-me. Sou fiel às sombras unitárias da MAC, nunca me falharam em termos de qualidade, pelo que fica difícil procurar equivalentes noutras marcas. Sou muito à ideia do "se conheço esta marca que tem um produto X de qualidade, para quê arriscar deitar dinheiro fora ao conhecer outras marcas, mesmo que mais baratas?", mas esta sombra deitou por terra a minha teoria. Não é a Sombra do Ano mas entra sem dúvida nas descobertas do ano. Pretendo comprar mais, sem dúvida Mini resenha sobre ela aqui.

Mas o ano não teve apenas coisas boas.


A Sigma foi a desilusão do ano. Sofri um caso de censura na página do facebook da marca, fui bloqueada e impedida de fazer posts e ainda ignoraram os vários emails que enviei. Revoltou-me o caso de injustiça para com a minha pessoa e revolta-me que uma marca que ficou conhecida graças às redes sociais ache agora que pode tratar os clientes como se fossem lixo. A Sigma é uma marca que entrou na minha lista negra e de lá não sairá. Boicote total!


Também foi o ano em que me estreei no site da Asos. No início tudo parecia fantástico. As vantagens de comprar roupa pela internet sem ter de assar como nos provadores das lojas, boas opções dentro do meu orçamento, imensas marcas, muitas marcas que não se vendem em Portugal, portes grátis... Até que fiz as minhas primeiras compras no site. O primeiro azar foi com um relógio de pulso cuja mola de fechar ficou frouxa ao fim do segundo dia de uso, fazendo-o cair a toda a hora. Voltou para trás e tive que pagar o envio com o meu dinheiro para mais tarde receber o reembolso do valor do relógio. Depois foi uma mala preta muito bonita cujo fechou começou a funcionar mal à segunda semana de uso. Ora fecha, ora não fecha, usá-lo é uma surpresa.  E os sapatos lindos que comprei cuja sola começou a despedaçar-se logo nos primeiros dias? E as duas camisolas que perderam a forma depois de terem ido para lavar? E os anéis e colares que são feitos com um material com tanta qualidade que deixa a pele com que está em contacto cor de cinza ao final de um dia de uso? A única compra que ainda não me desiludiu foram umas botas de salto que ainda só usei na rua uma vez... As minhas más experiências foram todas ou com a marca Asos ou com algumas marcas pequenas que por lá se vendem. A partir de hoje só uso a Asos para comprar coisas de marcas que já conheço.

7 comments:

  1. Este ano também experimentei o Boticário e a Bourjoirs e gostei, foram uma boa surpresa ;)
    Só tinha ouvido boas criicas ao site da asos nunca tinha lido nada de negativo, mas é por medo que coisas como essas me aconteçam que nunca me arrisco nas compras de roupa e sapatos pela internet :/
    Gostei do post!
    Que as coisas boas continuem em 2012!
    beijocas*

    ReplyDelete
  2. eu queria experimentar essa base, mas por 15 euros compro a dermablend da Vichy que tem uma cobertura fantastica e resulta em peles oleosas

    ReplyDelete
  3. Olá! Adoreiii este post, tanto que graças a ele já estou a namorar o paint pot da mac xD

    Usando as palavras da r. - espero que não te importes :) - que em 2012 te continues a surpreender e descubras muito mais surpresas boas!

    Beijinho

    ReplyDelete
  4. Tenho mesmo de experimentar a base da Bourjoirs, muita gente diz bem dela!
    Ainda bem que partilhaste a experiência de compras na ASOS, ainda há dias tive a dar uma espreitadela e tive muita vontade de comprar mas contive-me!

    Se puderes passa no meu blog!
    lipslikepearls.blogspot.com

    Beijinhos

    ReplyDelete
  5. Adoro o teu blog. Conheci há uns dias quando procurava opiniões sobre o creme Vitamina E da TBS e dei uma vista aqui pelo sitio e adorei e tenho visitado regularmente.
    Tudo isto para dizer que às vezes podemos não comentar mas não quer dizer que não adoremos os posts ... (meu caso, não tenho o habito de comentar). Por isso fica aqui uma força para a continuação em alta dos post.
    Beijinhos, felicidades. E boas entradas!

    ReplyDelete
  6. Sou seguidora do teu blog à pouco tempo mas...acho que te falta uma marca. Já conheces a Kiko?
    É uma marca italiana que está a lançar-se agora em Portugal. Conheci-a quando fui a Itália há 3 anos e estavam em saldos, com sombras a 3€, vernizes a 2.50€, lápis de contorno a 1€.
    Os preços são baixos porque a produção é memso deles e a distribuição também.
    Abriram em Portimão e Aveiro este ano e s+o tenho a dizer maravilhas dos produtos deles: desde sombras, a vernizes, cremes faciais, cremes after sun e por aí além.
    SE tiveres oportunidade experimenta, adorava ter uma opinião da marca que já todas as minhas amigas adoram!

    ReplyDelete

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...