Saturday, November 12, 2011

Champô Big da Lush


O Big é um dos best sellers da Lush. Este champô promete cabelos volumosos até às pessoas como eu: abençoadas com cabelos escorridos e colados à cabeça. Diz que dá um cabelo volumoso graças ao sal que vem na sua composição, as algas e o coco garantem suavidade e o limão e a lima tratam do brilho. Vem na típica embalagem preta reciclável e está disponível apenas em 330 gramas. Quando juntarem cinco embalagens podem devolvê-las numa loja para ganharem uma máscara facial - não é tão apelativo como o batom do programa Back2MAC mas é um mimo para quem lá faz muitas compras e que de outra forma iria simplesmente pô-las para reciclar.


O que é que distingue o Big doutros champôs de volume? O sal, literalmente. Todo ele tem pedrinhas de sal. Uma mistela com pedaços de sal. O que é que eu fui comprar?, disse quando o abri em casa. No banho, retiro um pedacinho cuidadosamente com as mãos e a medo aplico-o no cabelo. O sal vai desaparecendo com o tempo e só paro de lavar o cabelo quando deixo de o sentir. De início parece que aquilo nunca mais vai desaparecer e estamos a encher os cabelos com sal mas ele desaparece e faz o seu trabalho. Não é parecido com nenhum champô que tenha usado até hoje.


O cabelo fica muito limpo logo a seguir. É fantástico como ele funciona, o que tanto pode ser uma coisa boa como uma coisa má. Não faz sentido? Eu já explico. 

Em primeiro lugar, a suavidade. Eu não noto que o cabelo fique minimamente suave após o uso. Fica embaraçado mas noto que os melhores champôs (no sentido de resultados garantidos) que já usei deixam os fios embaraçados. Como estou a usar um champô de volume a última coisa que quero é usar um condicionar que me vá pesar o cabelo, por isso acompanho-o sempre com o Veganese, também da Lush. Eu acho que o meu cabelo é naturalmente brilhante. Com ele o brilho não desaparece, o meu cabelo fica na mesma por isso não posso dizer se funciona nesse aspecto.

Quanto ao volume, ele funciona mas não é milagroso. Para cabelos sem volume como o meu não basta usá-lo e deixar o cabelo secar ao natural. Quer dizer, dá uma levantada mas não é o volume com que eu sonho. Usando um secador com a cabeça para baixo (não tenho paciência para usar uma escova) o resultado é outro e aí o volume já é bem visível e bonito. Nos dias especiais ainda uso uma espuma de volume que aqui tenho (que está no fundo do armário porque não funciona muito bem sozinha) e o resultado final é fantástico, fico com um cabelo lindíssimo (modéstia? não sei o que é).

O problema? O problema é que o sal seca os cabelos. O meu cabelo oleoso agradece (consigo ficar três dias sem lavá-lo, um record para mim) só que muitos anos sem ter cuidados com ele também me deram pontas espigadas (vou dando uns cortes de vez em quando, ainda estou em negação em relação à necessidade de uma ida ao cabeleireiro), que sofrem bastante com o uso do Big. Para quem não tem cabelos secos nem estragados até pode haver um uso mais ou menos regular mas para mim tem de ficar apenas para ocasiões especiais ou para uma vez por semana na melhor das hipóteses e com uma hidratação regular. Uma pena porque o resultado é mesmo bom, o melhor que vi até agora num champô.

Custa 16,50€ nas lojas lisboetas e no site.

4 comments:

  1. Fiquei mesmo animada com esse champô, porque tb preciso de um bocado de volume e tenho o cabelo oleoso e aguentar dois dias sem lavar já é fantástico! Mas se te seca as pontas porque não usas um serum ou creme para pontas depois, procura um formula leve que não pese. Eu estou a usar o da schwarzkopf que saiu na máxima e estou a gostar!! Beijinhos ;)

    ReplyDelete
  2. ai adorava experimentar *.*
    mas é um pouco caro :(

    ReplyDelete
  3. BeezantCherry, já tinha posto a vista em cima desse serum mas nunca o comprei porque receei que pudesse tornar os fios mais pesados. Tal como disse, ainda estou um pouco verde na área de cuidados com os cabelos.

    Joana Cooper, não há volta a dar, é caro, sim. Aquilo que me faz preferir a Lush a outras marcas é a sua política: todos os produtos são vegetarianos, esforçam-se ao máximo para que sejam mesmo veganos, usam o maior número de ingredientes naturais possível, têm uma política ambientalista e uma postura para com os trabalhadores diferente da da maioria. Isto para mim pesa e por isso sempre que tenho dinheiro opto por comprar lá. No entanto, também não tenho como comprar lá todos os meus produtos, simplesmente não é possível aguentar os preços. Nas lojas eles costumam dar amostras, tenta ir lá e pede um pouco do Lush :)

    ReplyDelete

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...